A criança com a síndroma de Down - Doutor das Crianças - Guia Médico

27 Novembro 2016
Comentários:  0
A criança com a síndrome de Down - A criança com a síndroma de Down




EXPLICAR ÀS CRIANÇAS O NASCIMENTO,é normal o umbigo de bebe cheirar dois dias depois d nascimento,rastreio doenças metabólicas dias.




A síndroma de Down (trisomia 21) ou mongolismo, é uma alteração cromossómica acompanhada de traços físicos peculiares e que provoca um desenvolvimento mental deficiente. É a alteração cromossómica mais frequente, atingindo um entre quinhentos recém-nascidos vivos. Existem situações nas quais o risco é acrescido, como a gravidez de mulheres jovens que já tenham tido um filho com síndroma de Down e a de mulheres com mais de trinta e cinco anos.

O diagnóstico pode ser feito nos primeiros meses de gestação e o exame pro-natal e recomendado quando existem antecedentes familiares positivos, em mulheres com mais de trinta e cinco anos e sempre que a mulher o solicite. Quando o problema não é detetado antes, o diagnóstico é feito no momento do nascimento. O desenvolvimento apresenta atrasos desde o princípio. A criança cresce menos e demora mais a adquirir as capacidades psicomotoras, como sentar-se, andar, falar ou compreender.

Também a inteligência se apresenta diminuída, o seu desenvolvimento é lento sendo frequente terem problemas cardíacos.

As crianças com síndroma de Down são beneficiadas quando recebem uma educação especial e estímulos precoces adequados e continuados no ambiente familiar. Desta forma poderão alcançar um grau de desenvolvimento que lhes permitirá uma independência razoável.

É difícil viver esta situação e cada família deve procurar, de acordo com as suas características, a opção mais adequada tanto para a criança como para os pais.

Compartilhar:
follow subscribe - A criança com a síndroma de Down