A dentição

24 Novembro 2015
Categoria:
O Primeiro ano
Comentários:  0
A dentição



Atraso Na Dentição Do Bebê.
Atraso Na Dentição Do Bebê,enfartamento gases e sono,sensaçao de enfartamento e arroto,agasalhar demasiado.




O nascimento do primeiro dente varia de bebé para bebé. É frequente que os pais inquietarem-se quando há um suposto atraso na dentição. No entanto, só raramente isso tem alguma importância. Na maioria dos bebés, os primeiros dentes costumam romper por volta dos seis ou sete meses, mas, é absolutamente normal atrasarem-se até próximo do ano como aparecerem aos quatro meses.

Habitualmente rompem primeiro os incisivos centrais inferiores e um ou dois meses mais tarde os incisivos centrais superiores. E vulgar encontrar uma tendência familiar para o ritmo da erupção dentária (a mãe ou o pai podem tentar recordar os antecedentes de dentições precoces ou tardias na sua família). Os sintomas que acompanham a saída dos dentes são também muito variáveis.

Em grande número de casos passam por uma fase em que se mostram agitados e se babam, tentando morder qualquer coisa antes da erupção de cada dente, enquanto noutros, a mãe pode descobrir um dia um dente sem ter havido nenhum sintoma prévio.

Entre os quatro aos seis meses e os dois anos e meio nascem vinte dentes à maioria dos bebés, o que dá uma média de quase um dente por mês. Por isso, é costume atribuir ao nascimento dos dentes muitos dos problemas que surgem durante os dois primeiros anos de vida. Se o bebé está um pouco irritado, com desejos frenéticos de friccionar as gengivas e de morder; se acorda por vezes a chorar ou faz dejeções um pouco mais moles e com muco, embora continue com apetite, é possível que esteja para lhe nascer um dente.

No entanto, se tem febre alta ou dejeções líquidas e perda de apetite, deve ser visto pelo médico, já que nem estes nem outros sintomas, como constipações fortes, podem ser atribuídos somente ao romper de um dente. Por vezes, mostra-se excitado a meio da refeição, negando-se  momentaneamente a comer. Isto acontece quando algo roça na gengiva em que está para romper um dente. Regra geral, continua a comer regularmente, ainda que possa fazer alguma birra.

Os cremes ou bálsamos que se aplicam sobre as gengivas podem ser úteis porque, devido às suas propriedades analgésicas, acalmam o bebé.