A febre, as medidas físicas, a aspirina, o paracetamol e outros antipiréticos - Doutor das Crianças - Guia Médico

28 Fevereiro 2017
Categoria:
Doença aguda
Comentários:  0
A febre - A febre, as medidas físicas, a aspirina, o paracetamol e outros antipiréticos



as composiçoes do paracetamol.
salario pediatra portugal,legenda para fotos de crianca sorrindo,Sonhar com varias cobra morta e seca,pediatra dr raul coelho consulta,dr raul coelho pediatra faro horário de consulta,dr raul coe,vida roubada livro pdf,as composiçoes do paracetamol,leite materno qual idade guia do médico.




A suspeita de que a criança está com febre deve ser comprovada através do termómetro. E importante que este seja usado corretamente. Nas crianças pequenas deve ser colocado no reto, e não deve manter-se mais de dois ou três minutos. Nas mais crescidas, pode ser colocado debaixo do braço (axilas). É conveniente ter um termómetro em casa e os de leitura digital são mais práticos. Considera-se normal uma temperatura de 37° C na axila e de 37,5 °C no reto.

Em caso de febre deverá consultar o pediatra, que examinará a criança para localizar a origem do problema. Se não puder fazê-lo de imediato convém tomar medidas para fazer descer a temperatura. A criança, sobretudo se tem menos de dois anos, não deve ficar com febre alta, superior a 38° C.

Para a fazer descer, comece por lhe dar um banho de água morna, deixando-a ficar uns dez ou quinze minutos para eliminar o calor progressivamente ou embrulhe-a numa toalha ou lençol molhado em água tépida, que se mudará cada cinco ou dez minutos, quando a temperatura do corpo subir. Qualquer destes métodos deve ser aplicado sem traumatizar a criança, tentando que a diferença de temperatura não seja excessiva para que a descida se faça de forma lenta e progressiva.

Juntamente com as medidas físicas, deve administrar-se uma medicamentação que ajude a descer a febre. As composições que mais se utilizam são a aspirina (ácido acetil-salicílico), o paracetamol e o ibuprofen. Estes produtos comerciais existem sob a forma de xarope e comprimidos pediátricos; o paracetamol apresenta-se também sob a forma de supositórios. Na posologia vem indicada a dose correta, de acordo com a idade e o peso da criança. Convém perguntar ao pediatra que tipo de medicamentação aconselha em caso de febre e ter uma embalagem cm casa. já que a maioria das crianças passa por um processo febril, com alguma frequência, durante os primeiros anos.

Já referi que existe uma tendência popular para agasalhar a criança que tem febre: é um erro. Deve ficar com pouca roupa, num ambiente climatizado para favorecer a descida da temperatura. E conveniente que o calor do corpo passe através da pele, por esta estar em contato com uma coisa fria.O banho diário é um hábito recomendável que deve ser mantido durante a maior parte das doenças, mesmo que a criança tenha febre.

Compartilhar:
follow subscribe - A febre, as medidas físicas, a aspirina, o paracetamol e outros antipiréticos