Intoxicações - Doutor das Crianças - Guia Médico

31 Julho 2018
Categoria:
Primeiros socorros
Comentários:  0
45. Intoxicações - Intoxicações




truckfgn,aside2eh,largestbm7,pour27y,needleqfu,land4fp.




E relativamente frequente as crianças pequenas, especialmente entre os dois e os quatro anos, ingerirem substâncias ou corpos estranhos num momento de distração da pessoa que cuida delas. Por essa razão, é muito importante evitar que as substâncias potencialmente perigosas estejam ao seu alcance. Quando a criança ingere um produto tóxico, como detergente, lixívia ou inseticida, deve ser levada imediatamente ao hospital.

Quando não for possível fazê-lo, é conveniente localizar o pediatra pelo telefone e explicar-lhe o tipo e a quantidade de substância ingerida para que ele aconselhe as medidas a adotar até chegar ao hospital. Iguais medidas devem ser tomadas quando a criança ingere algum medicamento.

Pode ser conveniente fazê-la vomitar imediatamente evitando assim a absorção do medicamento. No entanto, é necessário recordar que o vómito pode, ocasionalmente, ser prejudicial quando se trata de substâncias irritantes para o esófago ou de líquidos que podem evaporar-se e passar para os pulmões (por exemplo, o amoníaco).

Em qualquer situação de eventual intoxicação, dirija-se ao hospital mais próximo e, se por alguma razão, tal não for possível, tente contactar o médico pelo telefone.

Determinados produtos podem ser tóxicos se a criança os derrama sobre a pele ou nos olhos.

A primeira medida a tomar é lavar a pele com abundante água e sabão, ou só com água se tratar dos olhos. A seguir, consulte o médico. Em princípio, não é recomendável aplicar pomadas ou cremes sem receita do médico.

Compartilhar:
follow subscribe - Intoxicações