Necessidade de ingerirem cálcio, fósforo, ferro e flúor - Doutor das Crianças - Guia Médico

18 Março 2016
Comentários:  0
Necessidade de ingerirem cálcio fósforo ferro e flúor - Necessidade de ingerirem cálcio, fósforo, ferro e flúor




EXPLICAR ÀS CRIANÇAS O NASCIMENTO,é normal o umbigo de bebe cheirar dois dias depois d nascimento,rastreio doenças metabólicas dias.




Cálcio e fósforo. A criança tem necessidade destes dois minerais já que são elementos imprescindíveis para a formação dos ossos. O leite materno e os leites especiais para bebés contêm quantidades adequadas para suprir as suas  necessidades durante o período de aleitamento. Posteriormente, deve assegurar-se de que o bebé continua a tomar uma quantidade suficiente de leite e derivados (queijo, iogurte, etc.) no mínimo 400 ou 500 cc por dia.

O cálcio e o fósforo encontram-se também, ainda que em menor quantidade que no leite, noutros alimentos, como o peixe, carne e aves. Se a criança tem uma dieta variada, não há razão para lhe dar suplementos de cálcio diariamente.

Ferro. O recém-nascido tem reservas limitadas deste mineral; a estas, acresce que o leite materno contém pouco ferro, pelo que é frequente a sua carência por volta do sexto mês. Pode ser aconselhável administrar um suplemento de ferro aos bebés alimentados ao peito durante muito tempo, mas sempre mediante prescrição do pediatra. As fórmulas ou leites indicados a partir dos quatros meses contem uma quantidade adicional de ferro que permite suprir as necessidades do bebé durante os dois primeiros anos.

O leite de vaca gordo, não deve ser introduzido antes do primeiro ano e é de evitar até ao segundo ou terceiro ano, justamente pelo seu escasso conteúdo em ferro. Em algumas crianças, o leite de vaca pode provocar igualmente a perda de pequenas quantidades de sangue através das fezes, aumentando ainda mais o risco de carência de ferro.

O flúor é um mineral necessário para o correto desenvolvimento da estrutura óssea e dentária. Encontra-se preferentemente na água, em quantidades muito variáveis e a sua carência provoca o aparecimento de cáries.

A concentração de flúor na água potável varia sensivelmente de uma cidade para outra, em função da sua origem e das fluorizações massivas que se realizam. No caso das águas minerais, a quantidade de flúor vem indicada na garrafa, embora seja frequente estas águas não o conterem. Convém consultar o pediatra para que cie determine a necessidade de administrar suplementos de flúor.

Se forem necessários, podem tomar-se em forma de comprimidos diários ou de soluções fluorizadas, aplicadas semanalmente. Outra possibilidade são as aplicações semestrais de flúor, sob controlo médico.

Quando são necessários suplementos de cálcio devem ser administrados por volta dos cinco anos, já que o efeito preventivo das cáries se exerce tanto sobre os dentes de leite como sobre os definitivos.

Compartilhar:
follow subscribe - Necessidade de ingerirem cálcio, fósforo, ferro e flúor