O sono - Doutor das Crianças - Guia Médico

1 Julho 2018
Comentários:  0
38. O Sono - O sono




belowwhp,truckfgn.




Durante as primeiras semanas, os bebés costumam dormir muitas horas, mas o sono, como muitos outros hábitos, pode variar de um bebé para outro. O bebé é absolutamente capaz de dormir as horas de que necessita, desde os primeiros dias de vida, sem que seja preciso obrigá-lo a nenhum tipo de disciplina.

A maioria dos recém-nascidos dormem de mamada a mamada, sem interrupção, tanto de dia como de noite e, à medida que vão crescendo, permanecem mais tempo acordados.

No entanto, também é possível que estejam longos períodos acordados. Decorridas as primeiras semanas, o bebé costuma prolongar espontaneamente a pausa noturna, dormindo mais ou menos de quatro a seis horas seguidas, sem reclamar alimento.

De qualquer modo, em relação ao que acabei de mencionar, note que não há dois bebés iguais nem fisicamente nem nos seus hábitos. O sítio onde o bebé descansa deve ser tranquilo, embora convenha que, a pouco e pouco, se vá adaptando aos ruídos da casa.

O berço, o colchão, a almofada e a roupa da criança devem ser apropriados para bebés. Deve evitar situações de risco como, por exemplo, a criança ficar presa e não poder respirar.

Embora seja importante que a criança não tenha frio, a temperatura do quarto em que ela dorme não deve ser muito alta. Quanto à posição ideal, já recomendei que o deite de barriga para cima. Aos bebés que têm uma tendência natural para estar de barriga para baixo não me parece necessário contrariá-los, mas sim mudá-los de vez em quando de posição para evitar, durante os primeiros meses, deformações na cabeça que entretanto serão corrigidas quando a criança crescer.

De qualquer modo, não se sinta na obrigação de criar rotinas rígidas. O mais importante é que o bebé seja acarinhado e esteja bem cuidado e vigiado.

Compartilhar:
follow subscribe - O sono