Problemas psicológicos menores e tiques - Doutor das Crianças - Guia Médico

25 Novembro 2016
Comentários:  0
Problemas psicológicos menores e tiques - Problemas psicológicos menores e tiques




dorto alco,anything,pediatra carlos simões quinta do conde,dr maurilio - pediatra em beja contacto,legendas para fotos de criança,DENTIÇÃO DAS CRIANÇAS,legenda para foto de bebe sorrindo,legenda para foto de criança sorrindo,legenda para foto de filha sorrindo.




Os tiques são pequenos espasmos que podem aparecer em qualquer parte do corpo. Os mais frequentes são: pestanejar, piscar involuntário, enrugar a testa, encolher os ombros, pôr de lado a cabeça e tossir. Embora se considerem manifestações de insegurança, é possível que exista um fator genético.

Costumam aparecer por volta dos seis anos, desaparecem durante o sono e intensifleam-se em situações de tensão e ansiedade. Ralhar à criança é totalmente contraproducente.

A atitude ideal é ignorar o problema, tentando criar um ambiente que a ajude a sentir-se segura, querida e protegida. Os tiques tendem a desaparecer espontaneamente, mas às vezes persistem, ou desaparece um para surgir outro. Esta situação deve ser discutida com o pediatra para que ele sugira quais os comportamentos e as atitudes mais recomendáveis em cada caso concreto.

Compartilhar:
follow subscribe - Problemas psicológicos menores e tiques