Tornar-se "crescida" - Doutor das Crianças - Guia Médico

19 Julho 2016
Comentários:  0
Bebé crescido - Tornar-se "crescida"




para crianças começar andar,spokenw6x.




Entre os três e os seis anos, a criança cresce regularmente 6 a 8 cm e engorda aproximadamente 2 kg por ano. A figura estiliza-se, emagrece e desaparece a barriga. O rosto cresce mais do que o crânio e os maxilares alargam-se, preparando-se para receber os dentes definitivos. A atividade motora aperfeiçoa-se, já sobe e desce escada sozinha e aos cinco anos salta ao pé-coxinho.

Entre os quatro e cinco anos, descobre que sabe copiar um desenho, embora desde os três anos já consiga desenhar. Aos três anos, as frases tornam-se mais longas; já diz a idade e a capacidade para manter uma conversa depende, em grande parte, da quantidade e qualidade da linguagem utilizada no seu meio ambiente. Aos poucos, descobre que cresceu e, intuitivamente, procura modelos para “se comportar como tal”. Em casa, imita as atitudes dos pais e dos outros adultos com quem convive e fora de casa manifesta as suas fantasias com os brinquedos, sentindo progressivamente vontade de brincar com as outras crianças.

Tudo muda muito depressa e é normal que apareçam novos elementos que venham modificar as relações entre o filho e os pais. Por volta dos três ou quatro anos inicia uma fase de medos: da morte, a doença, da escuridão, dos animais. A sua imaginação coloca-a em situações que ainda não conhece e então passa a ter medos que antes não tinha. Por vezes, estes temores criam novas ansiedades que podem provocar o aparecimento de pesadelos.

Se estes problemas ocorrem com frequência, é muito provável que volte a chuchar no dedo, ou que persista nas birras próprias das crianças mais pequenas. Por vezes, pode inclusivamente voltar a fazer chichi na cama. Em suma, quando faz três anos, a criança torna-se “grande”. Tanto o seu corpo como o seu desenvolvimento emocional se transformam rapidamente e, sem que os pais se apercebam, torna-se uma pessoa com a qual se pode manter um diálogo razoável.

Compartilhar:
follow subscribe - Tornar-se "crescida"